Crédito Diego Lopes


O primeiro domingo da 64ª Feira do Livro começou ensolarado e cheio de música. Das 11h ao meio-dia, o público que estava perto do Teatro Carlos Urbim aproveitou a sequência de homenagens que a Banda Musical Gioacchino Rossini apresentou.

Em sua primeira participação na Feira, o concerto foi composto por canções instrumentais de mambo, rock latino, valsa, pop, samba e bossa. As músicas populares selecionadas foram muito bem recebidas pelo público, como “Festa de Arromba”, “Café da Manhã”, “Não deixe o samba morrer” e “Aquarela Brasileira”.

A Banda Musical Gioacchino Rossini foi fundada em 30 de novembro de 1890, na cidade de Rio Grande, por um grupo de imigrantes italianos, atuando como uma organização independente. Desde então, procura manter atividades ininterruptas, sempre visando o desenvolvimento da arte musical. O patrono, Gioacchino Rossini (1792–1868) foi um grande compositor italiano do romantismo, célebre autor de óperas, como Il barbiere di Siviglia (O Barbeiro de Sevilha).

Texto – Airan Albino
Foto – Diego Lopes
Mais fotos no Flickr

Posts Relacionados

Deixe uma resposta