Aos 24 anos de idade, a francesa Paula Anacaona aprendeu a ler em português. Desde então, ela vem estudando e se aprofundando em autores brasileiros, com atenção especial na literatura marginal e feita no nordeste. Em 2009, fundou a Editora Anacaona, voltada justamente a apresentar aos franceses autores daqui. A editora também já traduziu mais de 40 livros do português para o francês, de autores como Rachel de Queiroz, Marcelino Freire e Conceição Evaristo.

A editora, que atua a partir de sua perspectiva enquanto mulher negra, publicou em 2018 seu primeiro romance, “Tatou”. O livro se passa  entre seus dois países de coração, França e Brasil, e aborda os temas que lhe são caros, especialmente as questões de raça, gênero e classe. A francesa também é autora de obras juvenis sobre Jorge Amado e Maria Bonita.

Paula Anacaona participará da 64ª Feira do Livro de Porto Alegre no dia 17 de novembro, às 18h30, em uma conversa com o público no Salão de Bridge do Clube do Comércio, 2º andar, com mediação de Fernanda Bastos. Às 19h30min, autografa “Tatou” na Praça de Autógrafos. A participação da autora na Feira acontece com apoio da Aliança Francesa de Porto Alegre.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta