Livro Livre, um mundo na praça. Este é o slogan da 64ª Feira do Livro de Porto Alegre, que acontece de 1º a 18 de novembro de 2018. Na última quinta-feira (18) foi lançada a programação da feira, além da apresentação da campanha para esta edição, no Centro Cultural da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Crédito: Diego Lopes

 

Em nome da universidade, vice-reitora e patrona da 57ª edição da Feira do Livro, Jane Tutikian, recebeu os presentes e partilhou o que espera do futuro da literatura no Brasil. “Gostaria de saudar a todas autoridades presentes, é uma honra da Universidade em recebê-los. Como escritora e patrona – não tem isso de ex-patrono – é uma alegria imensa em recebê-los aqui na minha casa. Nós abrimos as portas para os amigos dos livros, para os que produzem livros, e não importa o que vai acontecer: a literatura é muito forte, a literatura nunca foi inocente e não vai ser agora que ela vai ser. A literatura é imortal. Cada livro é patrimônio de toda civilização, e é com isso que a nossa Feira chega a sua 64ª edição”, falou.

Crédito: Diego Lopes

 

O presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro, Isatir Bottin Filho, agradeceu a presença dos amigos do livro e falou sobre as expectativas da feira. “Este ano, nosso convidado de honra é a República Tcheca, agradeço a presença do cônsul Fernando Lorenz. Este momento será marcado pela comemoração de várias efemérides, além de forte representatividade de tchecos no Estado do Rio Grande do Sul, é um país com alto índice de leitores, vamos conhecer um pouco da sua cultura. O tema abordado na campanha é a praça como espaço público e fonte de conhecimento, serão mais de 500 atividades gratuitas, entre oficinas, mesas de debate, palestras e espetáculos teatrais. Estão previstas mais de 650 sessões de autógrafos com mais de dois mil autores. Com uma programação muito conectada com o momento atual”, disse.

Crédito: Diego Lopes

 

Para apresentar a campanha da 64ª Feira do Livro, a designer gráfico Daiana Christ contou todo o processo. “O nosso projeto começou com uma conversa, e surgiu uma percepção sobre o abandono da Praça da Alfândega. Porém, a praça vira um oásis durante a Feira do Livro. Ela humaniza a praça, chama as pessoas a tomarem posse do espaço. Notamos que o público da Feira é muito amplo, de idade, de condição financeira, mas notamos um ponto em comum: ele quer ser surpreendido com experiências. Assim, buscamos estabelecer uma relação afetiva do público com a Feira e com a praça, por meio de materiais gráficos. Nossa ideia foi de retomar o charme da Praça da Alfândega, com recursos retrô, caligrafia e lettering, um projeto todo manual, aquarela. Todos sabem que, durante a Feira, os livros estão no meio do caminho”, explicou.

Em parceria com a CRL, a ESPM-Sul fez a cobertura para as redes sociais da Feira. Além disso, a Co.De – Comunicação e Design Jr., um laboratório experimental voltado à produção publicitária, fez o VT oficial da Feira.

A 64ª Feira do Livro de Porto Alegre é uma realização da Câmara Rio-Grandense do Livro em parceria com Ministério da Cultura e Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer. Patrocinadores máster: Braskem, BNDES, Cia. Zaffari. Banco Oficial da Feira: Banrisul Vero. Patrocinador Especial da Praça de Alimentação: Dado Bier. Patrocinador Especial do Teatro Carlos Urbim: Agibank. Patrocinador Especial do Espaço do Conhecimento: Petrobras. Apoio: Prefeitura de Porto Alegre. Financiamento: Pró-cultura RS, Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta