Denise Filippini. Crédito: Predo Heinrich


Acredita-se que o termo “sebo” surgiu como uma brincadeira a partir da ideia de que livros muito manuseados ficam cheios de gordura, sujos. Se no início foi assim, hoje é bem diferente. Os sebos são muito procurados pelos amantes do livro, e na 64ª Feira do Livro de Porto Alegre eles estão em grande número.

Dos 13 sebos presentes, a Traça Livraria (banca nº 76, próximo ao Santander Cultural) é um dos mais visitados. Carmen de Menezes tem uma experiência de 30 anos como livreira e desmistifica a origem do termo. “Nós temos um cuidado na formação dos sebos. Precisa ter um cuidado tanto na seleção quanto na higienização dos livros. A gente tenta fazer a melhor escolha aqui para a Feira”, fala.

Na banca nº 53 (Av. Sete de Setembro, próximo ao centro da Praça da Alfândega), está a Livraria Erico Verissimo, onde a livreira Denise Filippini é responsável pelos livros acessíveis. A editora tem foco na história do Rio Grande do Sul, então para quem tem interesse no tema, fica a recomendação. “Eu sou livreira há 20 anos, hoje tenho 53, mas com 9 já fazia encardenação de livros. Um mês antes eu separo com carinho os livros que vão para o sebo. É importante, porque as pessoas amam saldo, né?”, diz.

No balcão da Central de Informações (no centro da Praça da Alfândega), você pode tirar suas dúvidas com a Nóia Kern. Ela é a responsável pelo setor, e tem a Feira do Livro na palma de sua mão. “O sebos têm uma variedade, eles são acessíveis, e tem livro que a gente está procurando há horas e não encontra. Tem ano que as pessoas não procuram os sebos, a gente que sugere”, comenta.

Nesta edição, os sebos estão concentrados na avenida Sete de Setembro e na rua dos Andradas. Segue nossa sugestão abaixo, listando o respectivo sebo e o número da banca.

Nóia Kern. Crédito: Predo Heinrich

A Central de Informações tem uma lista exatamente igual a essa em seu estande. Confira:

Beco dos Livros (42)
Brik dos Livros (26)
Estação Cultura (62 e 29)
Sebo Colossal (68)
Livraria Aurora (50)
Livraria Erico Verissimo (53)
Livraria Lazer (25)
Livraria Mosaico (71)
Livraria Província (24)
Martins Livreiro (44)
Nova Roma (63)
Traça Livraria (76)
Livraria Avenida (27)

Texto – Airan Albino
Foto – Pedro Heinrich
Mais fotosno Flickr

Posts Relacionados
1 Comentário

Deixe uma resposta