A viagem foi o tema da mesa desta quarta-feira, 7 de novembro, no Salão de Bridge do Clube do Comércio. Não poderia ser diferente já que o patrono da Feira do Livro de 2014 Airton Ortiz era uma das figuras responsáveis pelo evento intitulado “Aventuras Pelo Mundo: De Roma à índia: relato ilustrado com fotos das viagens que deram origem aos livros Roma e Índia”.

Quem abriu a discussão, entretanto, foi a jornalista e peregrina Andréa Prestes que falou sobre o seu livro “O Caminho de Santiago – Uma Viagem Fotográfica”, que retrata o resultado da sua caminhada de 800 km, feita em 38 dias, e que teve muitos aprendizados e superações ao longo da trajetória. Ao longo de sua apresentação durante a Feira, ela mostrou diversas fotos que compõe o seu livro e também trouxe dicas que podem ser úteis aos possíveis interessados em seguir seus passos e de tantos outros peregrinos.

Em seguida, foi a vez de Ayrton Ortiz comentar sobre a sua experiência com viagens e cidades. Mais especificamente também sobre os livros “Roma”, que está lançando esse ano na Feira do livro, e uma reedição de “Expresso para a Índia”. Para Ortiz, é necessário se envolver com a cidade, procurar viver de forma mais próxima como vivem os moradores, mas sem perder o olhar de estrangeiro. “A pessoa que está lá sempre perde o olhar. Os meus amigos estrangeiros vem para Porto Alegre e ficam impressionados com a quantidade de prédios históricos e de como eles estão bem cuidados”, diz. Sobre Roma, Ortiz diz que há três Romas em uma só, a dos romanos, a moderna e a histórica. Sobre a Praça da Alfândega ele acredita que deveria se chamar Praça do Livro, graças a importância da Feira do Livro de Porto Alegre.

Texto – Rafael Gloria

Fotos – Bere Fischer

Posts Relacionados

Deixe uma resposta