Liliana Heer: relatos próximos à poesia e à imagem cinematográfica

No auditório Barbosa Lessa do CCCEV a tarde deste domingo teve a exibição do documentário Dibujar un Elefante en Base al Recuerdo de los Mirlos, curta-metragem que traz as marcas da guerra na população que vivia os anos 90 na Sérvia.
Após, a escritora e roteirista argentina, Liliana Heer, convidada da Feira do Livro 2019, acompanhada de Juarez Guedes e Monique Revillon formaram uma roda de conversa e análise do curta.

Foto: Diego Lopes

A escritora abordou seu processo de criação do documentário e como conseguiu transformar as análises feitas em palavras, importantes para descrever o que foi filmado e colocado no documentário. Ainda na ocasião, se destacou a forma como a escritora escolhe palavras que definem momentos de uma forma única.

Texto de João Pedro Argemi – Hub Jornalismo ESPM

Posts Relacionados