Presença argentina na Feira do Livro: Mariana Travacio

Presença argentina na Feira do Livro: Mariana Travacio

6/11 – 18h – Auditório Barbosa Lessa no CCCEV

Atmosferas e tensões nas literaturas brasileira e argentina, com a participação da escritora argentina Mariana Travacio, psicóloga especializada em Criminologia Forense, e mediação de Irka Barrios. Seus contos foram premiados e publicados em Cenizas de carnaval, edição que não deixa lugar para dúvidas sobre a construção do sinistro e do perverso. Nesta atividade, a autora de Cotidiano (Editora Moinhos) fala sobre Diálogos entre a literatura brasileira e argentina.

 

Foto: Diego Lopes

 

Após o encontro, Mariana Travacio autografa seu livro Cotidiano, às 19h30, na Praça de Autógrafos, Praça da Alfândega.

Frente Parlamentar Mista do Livro, da Leitura e da Escrita movimenta Feira do Livro

Frente Parlamentar Mista do Livro, da Leitura e da Escrita movimenta Feira do Livro

Foto de Adrise Ferreira

Um grande público prestigiou a cerimônia de lançamento da Frente Parlamentar Mista do Livro, da Leitura e da Escrita na 65ª Feira do Livro de Porto Alegre nesta segunda-feira, dia 06, no Teatro Carlos Urbim. Depois de Brasília, a capital gaúcha foi o local escolhido para mais uma discussão em torno do tema com a participação dos deputados Fernanda Melchionna, Henrique Fontana e Sofia Cavedon. A Frente Parlamentar é uma iniciativa da deputada Melchionna e do senador Jean Paul Prates.

Isatir Bottin Filho, presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro, editores, livreiros, professores, bibliotecários, escritores e público em geral prestigiaram a cerimônia, que defendeu a preservação das bibliotecas escolares, das políticas de educação, do acesso ao livro e à leitura.

O deputado Henrique Fontana saudou a iniciativa e conclamou “Viva o livro e o direito do povo do planeta de ler e mudar a realidade”.

Livro apresenta discussão sobre Comunicação Pública no Brasil

Livro apresenta discussão sobre Comunicação Pública no Brasil

Nesta quarta-feira, dia 06, será lançado na Feira do Livro de Porto Alegre, o livro Comunicação pública – desafios e perspectivas, memórias e depoimentos (Editora Fi), organizado pelos pesquisadores Nádia Maria Weber Santos, Newton Pinto da Silva, Rodrigo Cássio Oliveira. A sessão de autógrafos ocorrerá às 19h30 na Praça de Autógrafos da Feira, na Praça da Alfândega. Antes, às 18h30, no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo será realizada uma mesa-redonda com a participação de Maria Helena Weber (UFRGS), Leandro Maia (UFPel), Newton Pinto da Silva (TVE) e Nádia Maria Weber Santos (UFG).

É um livro de histórias, imagens, lutas, depoimentos, memória e reflexões. Não necessariamente nesta ordem. Tudo num só volume, visando à preservação de bens culturais cidadãos, relacionados à comunicação pública. A obra congrega doutores e especialistas na área, também mestres, graduados e estudantes de iniciação científica. Todos preocupados em pensar a comunicação pública por diversos olhares. Ela foi pensada a partir dos resultados de uma pesquisa financiada pelo CNPq, cujo título era A importância da TVE da Fundação Piratini (FP) enquanto dispositivo de cultura e de sensibilidades para a memória da sociedade gaúcha. Teve como objetivo geral aprofundar questões sobre memória e sensibilidades em relação à primeira televisão pública do Rio Grande do Sul, por meio de fontes orais (entrevistas com seus presidentes, atual e antigos, servidores e funcionários, artistas, telespectadores), fontes eletrônicas ou digitais (mídias sociais e jornais online). No meio deste caminho, houve os movimentos pela preservação da Fundação Piratini, cuja luta dos servidores também está contemplada nesta obra. Alguns autores pensam também a comunicação pública em outros estados brasileiros assim como alguns aspectos teóricos deste campo.

O livro é dividido em três partes. A Parte 1, intitulada “Comunicação pública no Brasil: desafios e perspectivas” reúne sete artigos que incluem pesquisas e reflexões sobre comunicação pública em geral e aspectos específicos da TVE e rádio FM Cultura.a Fundação Piratini. A Parte 2 do livro, por sua vez, com o título “Um recorte da luta de preservação da comunicação pública – o caso da Fundação Piratini do Rio Grande do Sul: imagens e movimento”, foi organizada pelos ex-bolsistas do projeto. São relatos da experiência de pesquisa por meio de textos e imagens, contendo narrativas visuais sobre o movimento dos servidores, in loco e nas redes sociais. E a Parte 3 apresenta uma análise das entrevistas da pesquisa e alguns depoimentos de servidores da Fundação Piratini, ficando intitulada “Fundação Piratini: memórias e depoimentos”. O e-book tem download livre através do link.

Envie livros pela Rodoviária sem sair da Praça

Envie livros pela Rodoviária sem sair da Praça

Foto de Diego Lopes

Através de um projeto inovador, a Feira do Livro 2019 possibilita pela primeira vez em 65 anos que o público compre livros e, sem sair da Praça da Alfândega, envie até cinco unidades para qualquer cidade do Rio Grande do Sul. O serviço é disponibilizado por meio de uma parceria da Câmara Rio-Grandense do Livro com a Estação Rodoviária de Porto Alegre, a um valor promocional de R$ 6,50 por destino. O estande das Encomendas Rodoviárias está localizado ao lado do estande de Informações da Feira.

No mesmo local, o visitante pode comprar passagem de ônibus para qualquer cidade do Estado. Além disso, também em parceria com a Feira, as rodoviárias estaduais estão promovendo a arrecadação de livros para doação. A campanha termina no dia 30 de novembro e os livros arrecadados serão entregues ao Banco de Livros, da Fundação Gaúcha de Bancos Sociais.

Sugestões de leitura a partir da Área Internacional

Foto de Diego Lopes

Sugestões de leitura a partir da Área Internacional

Se a curiosidade é o que nos move, a sugestão é chegar na Área Internacional na Feira do Livro de Porto Alegre e conferir as inúmeras sugestões de leitura. Nos diversos estandes, em frente ao Museu de Arte do RS, são oferecidos com desconto desde livros em espanhol de diversas procedências, passando pela literatura graduada que é a adaptação de clássicos para o ensino de idioma como o inglês, até os ‘menores livros do mundo’ ou minilivros. O acervo dos estandes é enorme e contempla o leitor mais extravagante ou exigente. São livros que trazem, por exemplo, a história da gravata ou do bordado ponto cruz, assim como de assuntos mais amplos como história, culinária, religiões, infantil. Neste momento os destaques são os lançamentos “Largo Pétalo de Mar” de Isabel Allende e “Sinceramente” de Cristina Fernández de Kirchner.

 

Feira do Livro em parceria com SZ Working e Z Café Takeaway Andradas criam Sala e Jardim da Imprensa

Feira do Livro em parceria com SZ Working e Z Café Takeaway

Andradas criam Sala e Jardim da Imprensa 

Foto de Pedro Heinrich

Localizados no Memorial do RS, a Sala de Imprensa e o Jardim da Imprensa
da Feira do Livro de Porto Alegre foram adotados pelo SZ Working Escritórios Compartilhados e pelo Z Café Takeaway Andradas.

Os espaços foram revitalizados e ganharam decoração especial para o evento.
Uma novidade este ano na Feira proporcionada pelas empresas é a Sala da Imprensa, localizado na área central do Memorial. Projetado pelo arquiteto Enio Vivian, a área foi pensada para ser uma espécie de refúgio para os jornalistas que estiverem trabalhando na cobertura da Feira; um ambiente para descanso, entrevistas ou o break um cafezinho. Além da presença na Praça da Alfândega, o SZ Working Escritórios Compartilhados e Eventos disponibilizará, durante o período da Feira do Livro, ambientes para que autores e parceiros realizem eventos e atividades em sua sede localizada na Rua dos Andradas, 860.

A Hora do Educador abre no dia 4 de novembro

A Hora do Educador abre no dia 4 de novembro

Abre na segunda-feira, dia 4 de novembro, o ciclo A Hora do Educador, uma programação da Área Infantil e Juvenil da 65ª Feira do Livro de Porto Alegre, para professores, bibliotecários, alunos, mediadores da leitura. No Ateliê da Imagem (Espaço Cultural dos Correios), das 18h30 às 20h30, “A árvore dos livros de imagem, construção do texto visual”. Bate-papo com o escritor paulista Peter O. Sagae.

Na terça-feiradia 5, às 9h, no Ateliê da Imagem, “A construção do leitor literário”, bate-papo com Peter O Sagae. Para alunos de Magistério, Graduação Pedagogia e Letras e mediadores da leitura em geral. Também no dia 5, às 18h30, na Biblioteca Moacyr Scliar, “A volta ao mundo em 80 mitos”, com a escritora paulista Rosana Rios. Público: Professores, bibliotecários e outros mediadores de leitura.

Na quarta-feiradia 6, às 18h30min, na Biblioteca Moacyr Scliar, “Medos do Mundo – A importância da literatura de suspense como espaço de enfrentamento e reflexão”. Palestra com a escritora paulista Heloisa Prieto. Para professores, bibliotecários e outros mediadores da leitura.

Atrações do espaço Arena Inovação

Público prestigiando as atrações do espaço no dia 02/11. Foto de Pedro Heinrich

A Arena Inovação, que tem a programação focada nas novas tecnologias, é uma das atrações da 65ª Feira do Livro de Porto Alegre. O espaço está localizado na Praça da Alfândega, em frente ao Banrisul – rua Siiqueira Campos, 2529. . Várias atividades exigem inscrição prévia.

No dia 4, a Mostra de Robótica Educacional Livre, com o Grupo Roboed 28 CRE, das 9h às 17h, para alunos do Ensino Fundamental e público interessado. E, às 18h, o painel Impacto da tecnologia na área da Saúde, com Pedro Schestatsky, Luciano Eifler e Guria Natureba.

No dia 5 de novembro, das 9h às 11h, “Robótica com sucata”, exposição, com o Grupo ROBOED 28 CRE. Para alunos do Ensino Fundamental e outros interessados. Das 14h às 15h, “Robótica inclusiva” com Grupo ROBOED 28 CRE. Para alunos do Ensino Fundamental e outros interessados. Às 15h30, “Realidade aumentada e realidade virtual: o que isso tem a ver com livros?”. Palestra com Leonardo Schenkel, da Magipix, e Ana Pregardier, da IntusForma Tecnologia Vivencial. Como esta tecnologia está possibilitando novas maneiras de interagir e vivenciar histórias. Público: alunos do Ensino Médio e outros interessados. 

No dia 6 de novembro, às 10h30, palestra de carreiras + criação de novas soluções através da ficção científica com SAP. Para alunos de Ensino Médio e outros interessados. Às 15h30, “Criação de novas soluções através da ficção científica com SAP”. Público: Ensino Médio e outros interessados.

No dia 7 de novembro, das 9h às 11h, “Fake news: como surgem, viralizam, impactam nosso dia a dia e de que forma combatê-las?”. Oficina com Taís Seibt. Parceria: UFRGS e Filtro. Público: alunos do Ensino Médio e outros interessados. Das 14h às 17h, “A máquina nos domina ou dominamos a máquina?”. Oficina com o projeto Boquinha Livre FISL 2019. Público: alunos do Ensino Fundamental e outros interessados. Das 18h às 20h, “Impacto da tecnologia na Educação: novas formas de Educar”. Painel com Alfredo Fedrizzi, Guto Niche e Maria Soledad Gómez. Público: jovens e adultos.

Confira mais fotos em nosso Flickr.

Acessibilidade é destaque na Feira do Livro 2019

Um destaque da edição de 2019 da Feira do Livre de Porto Alegre é a acessibilidade. Assim, existe na Praça da Alfândega uma Estação da Acessibilidade, junto ao balcão de informações, onde vários serviços são oferecidos como intérprete de libras e empréstimo de cadeiras de rodas. Deficientes visuais podem agendar visitas guiadas com antecedência através do telefone 51 995954131 ou 54 999094754 ou ainda pelo whats com Deise.

“Um ambiente de conversação, onde há inclusão das pessoas com deficiência. Sempre procuramos um espaço de reconhecimento da nossa causa. Grata pela Câmara do Livro estender a visibilidade ainda tão desconhecida na sociedade”, Liza Cristina Cenci, Federação Rio-Grandense de Entidades de e para Deficientes Físicos. Foto de Diego Lopes.

 

Programação Completa:

3 de novembro

9 h, no Teatro Carlos Urbim

Apresentações artísticas do Ciclo Inclusivo

9h – Histórias de Invisibilidade: Quem tem AH/SD?, com Carlos Augusto Pessoa de Brum e Erick G AGAAHSD

9h40min – Apresentação da violinista Florença Sanfelice AFAD POA

10h05 – Revoada, apresentação de dança com, Grupo Fábrica de sonhos-Arte, inclusão e Pertencimento – Instituto Pertence

10h50min – A cartomante e O enfermeiro, de Machados de Assis, esquetes teatrais com o Projeto Rumo Norte

11h30min – O gato de botas, espetáculo de teatro com APAE Porto Alegre

Promoção: Comitê de Voluntários pela Acessibilidade da Feira do Livro

4 de novembro

18h30min, na Estação da Acessibilidade

Ciclo Inclusivo

Consciência: um olhar sobre o Autismo, roda de conversa com Ieda de Oliveira

19h30min, na Estação da Acessibilidade

Vini e Léo meninos da cor do céu, roda de conversa com Jéssica Minho e Thanise Stein

6 de novembro

18h30min, na Estação da Acessibilidade

Ciclo Inclusivo

Estimulação Precoce, roda de conversa com APAE POA

19h30min, na Estação da Acessibilidade

Ciclo Inclusivo

Aplicativo de Comunicação Alternativa FALAÊ, roda da conversa com Cintia Santos

7 de novembro

18h30min, na Estação da Acessibilidade

Ciclo Inclusivo

Vamos falar de Nanismo?, roda de conversa com Velvit Ferreira Severo

19h30min, na Estação da Acessibilidade

Ciclo Inclusivo

Turismo acessível para pessoas com deficiência, roda de conversa com Evelise Kerkhowe e Rotechild Prestes

8 de novembro

18h30min, na Estação da Acessibilidade

Ciclo Inclusivo

Empregabilidade, roda de conversa com APAE/POA

19h30min, na Estação da Acessibilidade

Ciclo Inclusivo

Ensaios para a surdez, roda de conversa com Nhana Salada Bolsoni

9 de novembro

18h30min, na Estação da Acessibilidade

Ciclo Inclusivo

Arteterapia: caminho para expansão da consciência, roda de conversa com Claudia Regina da Silva

13 de novembro

18h30min, na Estação da Acessibilidade

Ciclo Inclusivo

Epilepsia, cannabis medicinal e qualidade de vida, roda de conversa com Marina Davoglio Tolotti e Tárcia Rita Davoglio; Pscicologas

19h30min, na Estação da Acessibilidade

Ciclo Inclusivo

Projeto fotográfico João Vicente Fiorentini, roda de conversa com AFAD POA

14 de novembro

18h30min, na Estação da Acessibilidade

Ciclo Inclusivo

Orcam MyEye Óculos Inteligentes, roda de conversa com Nataniel Pádua da Silva

19h30min, na Estação da Acessibilidade

Ciclo Inclusivo

Lançamento de livros em braille – Senado Federal

15 de novembro

18h30min, na Estação da Acessibilidade

Ciclo Inclusivo

Será que sou Superdotada???, roda de conversa com com Lúcia Lamb e Lexandra Rodrigues

19h30min, Estação da Acessibilidade

Ciclo Inclusivo

A importância de manter um foco na qualidade de vida para quem tem uma doença rara, roda de conversa com AGAM

16 de novembro

17h, na Estação da Acessibilidade

Ciclo Inclusivo

Mil Brinquedos Mil Sorrisos BR, roda de conversa com Eduardo Cardoso

19h30min, na Estação da Acessibilildade

Ciclo Inclusivo

Livro multiformato: criação e contação de histórias infantis, roda de conversa com Claudia Rodrigues de Freitas e Eduardo Cardoso

Atividades relacionadas com a Acessibilidade na Arena Inovação

5 de novembro

14 às 15h, na Arena Inovação

Robótica inclusiva com Grupo ROBOED 28 CRE

Público: alunos do Ensino Fundamental e outros interessados

8 de novembro

9 às 11h, na Arena Inovação

Proibido para maiores, exibição de filme com audiodescrição – Leticia Schwartz, da Mil Palavras

Público: alunos do Ensino Fundamental e outros interessados

Sala O Arquipélago no CCCEV recebe exposição Minorias

Questões de gênero, racismo, LGBTQ+, feminismo, além de temas históricos do Brasil, sob a curadoria de Alexsander Britto e Valdriana Corrêa, estão presentes na mostra coletiva Minorias. Os trabalhos estão expostos até 16 de novembro, de terças a sextas, das 10h às 19h; sábado, das 11h às 18h, na Sala O Arquipélago no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo,a rua dos Andradas, 1223.

Fotos: Pedro Heinrich

 

65ª Feira do Livro abre e entrega Comenda da Ordem dos Jacarandás a amigos do livro e da leitura

Vamos aos livros e à leitura!”, enfatizou o presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro, Isatir Bottin Filho, ao abrir oficialmente a edição histórica da Feira do Livro de Porto Alegre – de 65 anos ininterruptos, na Praça da Alfândega. Com o Teatro Carlos Urbim lotado, no final da tarde do dia 1º de novembro, Isatir ressaltou que a Feira do Livro é um presente para a cidade e agradeceu o apoio de todos para a realização do evento.  

 Participaram da cerimônia de abertura a patrona deste ano, escritora Marô Barbieri, a patrona da Feira 2018, Maria Carpi, a secretária de Estado da Cultura, Beatriz Araújo, representando o governador Eduardo Leite, o secretário municipal da Cultura, Luciano Alabarse, e o prefeito Nelson Marchezan Júnior. Presentes ainda outras autoridades, patrocinadores, editores, livreiros, distribuidores e entidades do setor.

Depois de Maria Carpi, que disse ter a “chave da cidade e o seu segredo para passar à Marô”, a patrona desta edição lembrou que a curiosidade sempre a moveu na vida e hoje ela representa todos aqueles que amam o livro. Marô Barbieri advertiu que “a palavra fere, mas liberta e salva”, desejando que todos possam, através da arte da palavra, construir uma visão sempre nova da vida.

Na foto Marô Barbieri recebe a “chave do portal” de Maria Carpi. Foto de Diego Lopes

Homenageados

Um dos momentos mais celebrados foi a entrega da Comenda da Ordem dos Jacarandás para os homenageados da 65ª Feira do Livro – reconhecidos como amigos do livro e da leitura. Receberam placa e diploma a jornalista Tânia Carvalho, a Federação Espírita do Rio Grande do Sul, representada pelo presidente da entidade, Gabriel Nogueira, e o Correio do Povo, representado pelo diretor Comercial, João Müller. O escritor Carlos Nejar, também homenageado, não pôde comparecer por estar fora da cidade e receberá a Comenda da Ordem dos Jacarandás no dia 9 de novembro, às 18h, no Centro Cultural CEEE Erico Veríssimo.

Confira o álbum completo do evento.

CONVERSA COM MARÔ BARBIERI, PATRONA DA FEIRA DE 2019

Neste sábado, dia 02, às 17h, na Sala O Retrato do Centro Cultural CEEE Erico Verissimo – CCCEV – Marô Barbieri, patrona desta edição, conversa com o público sobre a sua obra. Maria Eunice Garrido Barbieri, conhecida como Marô Barbieri, é  escritora, professora e contadora de histórias, natural de Bento Gonçalves (RS). Tem Licenciatura Plena em Letras (Língua e Literatura Portuguesa e Língua e Literatura Francesa) pela PUCRS. Como professora, atuou ensinando língua e literatura de português e francês em turmas de primeiro e segundo graus do Instituto Educacional João XXIII, Colégio Santa Família, Colégio Menino Deus, Colégio Rosário e Colégio Israelita. Autora de 27 livros, Marô destaca-se pelas obras voltadas ao público infantil mas, a partir de 2013, começa a produzir livros para público infantojuvenil e para adultos. Até 2014, foi patrona de 22 Feiras do Livro, entre elas Guaíba, Bento Gonçalves, Cachoeirinha, Morro Reuter, Minas do Leão, Triunfo e Flores da Cunha, Canela e Alvorada. É madrinha de três bibliotecas que têm o seu nome: em Santa Maria do Herval/RS, em Morro Reuter/RS e em Porto Alegre/RS. Foi Presidente da Associação Gaúcha de Escritores (AGEs) nos biênios 2004-2005, 2006-2007, 2010-2011 e é membro do corpo de especialistas em leitura da Casa da Leitura (Proler/Fundação da Biblioteca Nacional). Em outubro de 2014 passou a integrar a Academia Rio-Grandense de Letras, ocupando a cadeira de número 15.

A patrona Marô Barbieri autografa seu livro Dinahí no dia 7 de novembro (quinta-feira), a partir das 17h30, na Praça de Autógrafos, Praça da Alfândega.

1 2 3 4